quinta-feira, 20 de junho de 2013

E vamos andando...

... um passo para a frente e dois para trás.

Deste-me uma boa notícia, mas depois como de costume, recuaste. Dizes que não sabes quando....
Eu sei o que te prende, eu sei quem te prende mas isso não é desculpa para parares a tua vida. Nada nesta vida é eterno. Não pares a tua vida.

Já é a segunda vez que dizes que sim e depois...........

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Surpresaaaa...

Pois é, ligaste-me para vir à rua. Chegas-te ao pé de mim e deste-me esta rosa. Depois pediste para fechar os olhos e dar-te a mão. Num pedaço de papel muito bem dobrado escreveste-me um poema que só li quando foste embora. Obrigado lindo.


segunda-feira, 3 de junho de 2013

Estou cansada


Estou cansada de tentar fazer tudo para que volte tudo ao normal,
Estou cansada de te pedir para voltares ao teu eu, mas és teimoso, só queres fazer o que tu queres e te apetece.
Esqueceste de mim, esqueces-te de nós,
Estou mesmo prestes a explodir,
E nenhum de nós vai ficar bem
Acredita
Pára de me fazeres sofrer.

sábado, 1 de junho de 2013

desejos


Hoje era capaz de comer um gelado assim. Aí que me babo toda. Não resisto a gelados, seja de verão ou de inverno, esteja frio ou calor.