sábado, 25 de junho de 2016

Eu fui - S. João no Porto


Confesso que nunca fui grande apreciadora deste tipo de festa, mas à uns meses para cá decidi que, sempre que me fosse possivel, iria gozar tudo o que há para gozar.
Quinta-feira, 23 de Junto lá fui eu, uma amiga e um colega de trabalho.
Comprámos os bilhetes de comboio e às 20h45 estavamos a sair da estação de S. Bento para o S. João no Porto.

Ficam alguns momentos:


 Barco Rebelo
 O balão de S. João




Sem sabermos que ele estava lá, enquanto esperavamos pelo fogo assistimos ao concerto do Gabriel, O pensador.
 
 


 Ponte D. Luis, linda.
Assistimos ao fogo do lado de Gaia, depois atravessamos para a zona da Ribeira e foi a loucura. Para vós que não me conheceis, eu sou um pouco envergonhada em dançar em publico mas eu neste dia estava eufórica. Quem não me conhece, diria que eu andei a fumar ou a beber aquelas coisas que anima o pessoal.

Resumo:

Confesso que estava um pouco com o pé atrás mas superou (e muito) as minhas expectativas. Chegamos a casa às 4h da manhã, estavamos cansados mas muito felizes. Adoramos esta noite. Não vou dizer que para o ano estou cá de novo porque decidimos que para o ano vamos a Braga. Vila do Conde já fomos, mas sem dúvida que o Porto é qualquer coisa de especial. De outro mundo mesmo. Aconselho que todos venham ao S. João no Porto, nem que seja uma vez na vida.

domingo, 5 de junho de 2016

Sushi

Uma das coisas que sempre quis experimentar foi sushi. Já comi em diversos sitios, e cada vez gosto mais. Não, não é coisa para comer todas as semanas, mas vá, todos os meses, uma vez por mês a coisa dá-se. A minha grande dificuldade não era comer sushi. A minha grande dificuldade é arranjar quem vá comer comigo. É arranjar quem goste. Esse sim, é o grande problema. 
Finalmente encontrei. Não é que adore, mas pelo menos acompanha-me.
Ontem foi o dia.
Chegámos ao restaurante, ainda não era 21 horas, aquilo cheio de gente cá fora... Entro, faço a reserva e tenho de aguardar 40 minutos. O tempo começa apertar, a fome também, e lá nos chamam. Parece que foi rápido não é? Pois, mas não foi. Nada rápido. 1 hora e 20 minutos à espera. Isso mesmo. Para compensar, mandaram-nos para a parte "à carta" (mas escolhemos a ementa do rodizio) e ainda nos trouxeram algumas peças diferentes como pedido de desculpas. 
Saímos de lá quase à 1h da matina.
 

 P.S. Já ganharam mais clientes.