segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Sou de manias

Olá,

Uma mania, ou vício, um tique, ou lá o que quiserem chamar que eu tenho. Quando tenho uma revista ou um jornal nas mãos eu faço isto. Leio a capa, começo a folhear e leio as letras gordas e aquelas notícias que me chamam mais atenção. Depois quando acabo, começo a folhear de trás para a frente e a ler praticamente as mesmas coisas. Depois pouso, vou dar uma volta, e quando pego outra vez é que começo a ler. No caso dos jornais, antes de pousar leio as noticias de acidentes, tragédias, aquelas noticias muito más e deois sim, leio o jornal. Eu sei que estão a pensar que sou meia apanhada do clima por ler essas noticias, mas são as noticias que me chamam mais atenção. Fico a pensar nas desgraças e como estamos bem como de repente não somos nada nem ninguém. Precisamos de todos e ao mesmo tempo não precisamos de ninguém. Fonix.

domingo, 29 de dezembro de 2013

Desaparece...

É pá. Qual é a parte do acabou que não percebeste? Porque andas atrás, à frente e por todos os lados? Ainda não percebeste que ele não quer nada contigo? Ganha um pouco de amor próprio. Não te rebaixes mais. Deixa de te armar em detective, e de fazer os outros e dá corda às sapatilhas e desaparece. Pensei que era só nos filmes e novelas que isso existia, que alguém fosse capaz de fazer isso. Nunca na minha imaginei que iria passar por isto. Estou parva da minha vida.
Ele é meu e sempre foi, por isso desampara a loja. Estás a tapar o sol. Um conselho, .... quer dizer, um... sei lá, também não sou boa a dar conselhos, mas se calhar, já que estamos a acabar o ano era uma boa ideia para quando tocar as doze badaladas pedires para arranjares um novo namorado, conheceres gajos novos. Ah, já sei aproveita os saldos, vais à Fnac e compras um cartão de memória e assim que o novo ano comece, tu pimba, mudas de cartão? Limpinho e sem vírus. Olha diz lá, que no meio da m***a toda que fizeste ainda sou tua amiga. A sério, põe te a andar, desiste. O jogo para ti acabou...

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Depois do Natal


Ainda há pouco tempo estávamos a chegar a casa, de malas das férias de verão e a pensar que já faltava pouco para o Natal. Agora, já passou o Natal e já só pensamos na passagem de ano. Como o tempo passa depressa. Fosgasse.

No sábado tive o jantar de Natal com os amigos, como sempre, muito animado (pessoal super divertido e alguns já com canecos fazem a festa).
O dia de Natal em casa, como sempre é muito "soft", sem grandes prendas, alaridos nem confusões.
Não recebi a prenda que tanto quis, mas não vou desistir de a ter.

Agora só me resta esperar pela passagem de ano, que adorava que fosse completamente diferente do que costuma ser, ou seja, adorava que fosse fora de casa. Também já sei quais são os meus desejos para 2014.
Nem tudo é mau. Estou de férias. Só vou trabalhar para o ano.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Eu fui...

Sabem quem fui ver no sábado passado? I am Hardwell ao pavilhão Meo Arena. Opá, isto não é bem a minha onda, mas sabem que mais? ADOREI. Um espetáculo. Não fiquei até ao fim, mas o tempo que fiquei foi muito bom. Excelente mesmo. 


sábado, 7 de dezembro de 2013

Arruma o teu chaço

Então não é que o meu boss, me pediu para não estacionar o meu carro, em frente à porta de outra empresa, porque o outro patrão quando chegava não tinha sítio para estacionar e tinha que pôr o carro longe? E que quando está a chover era chato andar à chuva? Pois, mas eu não tenho culpa do patrão andar à chuva. Aliás, eu também ando à chuva. E ainda mais, eu não tenho culpa de quando ele vai para a empresa o estacionamento está todo ocupado. Se for como eu, trabalhar às 8h, tem muito lugar livre.
Quando ouvi o boss dizer da chuva, partiu-me toda. 

P.S. Eu já tinha topado que às vezes quando chegava ao trabalho, ele estacionava de maneira a eu não conseguir pôr, então quando tinha oportunidade eu pimba. Punha lá o meu chaço.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Sonhos estranhos


Então agora ando com sono estranhos. Sonhei que a mãe de uma colega da escola primária ( que não vejo à anos) que é costureira desde sempre tinha aberto um salão de estética todo xpto. Com tudo o que possa existir nesta área. Depois sonhei com os meus amigos do coração estavam mascarados, a fazer uma maratona, na terrinha do meu pai. Que fica a uns 70 kms de onde vivo. Um pormenor, não acho muita piada ao carnaval. Também é estranho que eles, não acham piada nenhuma mesma ao carnaval.
O que será estes sonhos? Alguém sabe?

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Está frio

Agora sim. Agora parece que o Natal está a chegar. Frio com farturinha. Hoje de manhã, aqui na zona, os campos estavam com uma camadinha de neve. Anda Natal, chega rápido também passagem de ano pois este ano não tem corrido da melhor forma.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Chefe...


Um novo chefe, engenheiro, que acabou a universidade à 1 ano e foi condecorado meu chefe, (eu que trabalho na empresa à 6 anos) sou a subordinada. Não estou chateada por ele ser meu chefe, aliás, ele é muito mais organizado, mesquinha e tal e coisa e coisa e tal do que eu, mas estou f***** porque ele agora quer controlar o que estou a fazer, manda-me fazer as coisas (não é pedir), empurra para mim para fazer telefonemas, tratar de coisas que ele pode e sabe muito bem fazer, mas à que se mostrar. Em breve, vai-me saltar a tampa, e não me responsabilizo pelos danos que aí vêm.

E não sou a única a queixar-me dele.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

"Só quero o teu beijo"


Faço tudo que você quiser,
 para ser a sua única mulher,
Só te quero dar todo o meu amor .

Vou ficar mais um minuto longe de você
espero o tempo que esperar
eu sei que vou te amar.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Fim de semana em grande

...em grande a encher a marmita. Na 6ª feira comecei por comer chocolate, no sábado foi a vez de uma pizza e no domingo, uma francesinha...Tudo para o bandulho. A melhor parte disto? É que como sou magrinha não preciso de me preocupar com os quilos a mais com que fiquei.

Há muito que não tinha um fim de semana tão recheado.

domingo, 3 de novembro de 2013

Pito pra galo

Anda uma pessoa, durante 5 anos a dar o litro no trabalho, sempre empenhada, fazer cursos, a trabalhar sem ganhar horas, defender a camisola, e vem um "galo" que só trabalha à 1 ano, sem experiência na área e é condecorado a meu chefe? Como? Desculpa? Ele é o quê? Meu chefe? Tás a brincar, certo? .... É assim? Somos passados de bestiais a bestas assim? Querem o melhor? São 17h02 estou a sair pela porta. Onde vais tão cedo, perguntam-me? Já tocou, queres alguma coisa? Deixa em cima do pc e amanhã quando chegar faço,.... fui....

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Boa noite

Sabeis que mais? Vou para a sala, deitar-me no sofá, ler a revista,e com o fogão a aquecer-me os pés.

Ataque de fúria

Não sou pessoa de guardar ressentimentos, mas há uma "mulher", neste mundo que só me apetece acertar-lhe o passo. É pá, está-me aqui entalada e eu só vou conseguir ficar em paz comigo própria quando aliviar o stress que tenho acumulado. Por tudo o que fez, o que está a fazer e o que está a fazer-me passar. E logo eu que não gosto de confusões, de arranjar problemas, sou a paz em pessoa (mas às vezes passo-me, mas é só 10 segundos). Mas dava-me imenso prazer olhar para ela, confronta-la e se fosse caso disso, aquecer o corpo. Só uma estalada já ficava contente e leve.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Boas notícias, preciso


Será que não mereço boas notícias? Será que não mereço que comece tudo a correr bem? É em casa, é a família, é o amor, é o trabalho. Só me apetece por a cabeça debaixo da areia e voltar quando o sol brilhar.

domingo, 27 de outubro de 2013

O que é que tu farias?


Pois bem:

- Tu gostas dele, e ele gosta de ti,
- Tu amas-o e ele ama-te,
- Tens sonhos e planos com ele ao lado e ele também,
- Tu corres para ele, e ele corre ainda mais para não te perder,
- Tu sentes que ele é o amor da tua vida, como ele sente o mesmo.

- Uma gaja atrás dele que só quer alguém para pagar os luxos dela,
- Ela não gosta dele, como ele não gosta dela,
- Ela não o larga e ele mão consegue ver-se livre dela. 

O que vocês fariam a ela, ..... e ele?

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Verdade & Mentira


A verdade dói...
A dúvida tortura...
A mentira mata...

Quando pensarem em mentirem pensem numa coisa: " Eu tenho sentimentos".

sábado, 28 de setembro de 2013

Não olhes para trás

 
 

Como já te disse, esquece o passado. Se o teu coração diz que quer ficar comigo, esquece as outras vozes, não ouças nem deixes que nos afastem e fica comigo. Eu prometo fazer-te feliz. Como sei que sempre te fiz.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Dinheiro não é tudo


Ainda me pergunto como é possível haver tanta gente falsa, interesseira neste mundo. Será que as pessoas só são felizes a fazer os outros infelizes? Será que a vida dos outros é mais interessante do que a nossa? Será que só somos bons amigos se usarmos roupa de marca? Será que só somos interessantes quando temos dinheiro? Porque será que tanta gente só se interessa pelo dinheiro? Ok, compreendo que o dinheiro ajuda a sermos felizes, mas isso não é tudo. E se tivermos dinheiro e não temos amor? E se tivermos dinheiro e não temos amigos? E se tivermos dinheiro e não temos família? Eu não tenho dinheiro. Tenho dinheiro que me permite viver confortávelmente. Tenho dinheiro para as minhas despesas, tenho dinheiro para viver todo o mês sem ter que o contar. Não sou de extravagâncias, mas às vezes faço algumas. Não sou pessoa de luxos, mas às vezes abuso. Mas para isso não preciso de me encostar a ninguém nem de me fazer passar por aquilo que não sou. Só quero que as pessoas gostem de mim por aquilo que sou e tenho.
Isto tudo para dizer que pessoas interesseiras não fazem da minha vida e desse tipo de gente, não quero. Obrigado.

sábado, 21 de setembro de 2013

Dor

Ainda dizem que uma das piores dores são as dos ouvidos ou a dos dentes.... Experimentem (não queiram) receber uma desilusão daquela pessoa que vocês fariam tudo por ela. Aquela pessoa que vocês punham a mão no fogo. Aquela pessoa que confiavam tudo. Aquela pessoa que para vocês era o vosso mundo. Aquela pessoa que vocês queriam para sempre a vosso lado. Aquela pessoa que fazia planos a 2 com vocês. Aquela pessoa que fazia parte da nossa vida, do nosso mundo. Era e será o nosso mundo.

Num dia, tudo desmoronou e aquela segurança, aquele medo do mundo também voltou. Já não estás mais aqui, mas foste tu que escolheste este caminho. Foste tu que decidiste que fosse assim. A mim só me resta enfrentar a vida e dizer: Acabou, não existe mais NÓS.

Independentemente de tudo, te recordarei sempre com alegria porque o tempo que tivemos juntos, foram momentos felizes. 

Estarás sempre aqui, e quando conseguirmos olhar um para o outro, espero voltar a ter a tua amizade, o teu ombro amigo porque aquilo que vivemos um com o outro ninguém conseguirá apagar.

domingo, 25 de agosto de 2013

Será que sou a única?


Será que sou a única a entrar em lojas de roupa, calçado, acessórios, dou uma volta e saio sem comprar nada? Muitas vezes nem sequer pego nas coisas, passo só os olhinhos? Será normal?

sábado, 24 de agosto de 2013

Oh tempo, volta para trás


Voltei à minha infância. Noutros tempos, em que a minha avó paterna ainda estava entre nós, era em casa dela que eu e os meus pais passávamos o mês de Agosto, na praia. E havia muitas vezes churrasco.
Ontem quando fui para jantar, lembrei-me que tinha no armário batatas fritas de pacote e assim que puz as batatas à boca, numa questão de segundos, lembrei-me logo da minha querida avó, das férias de verão, da praia, dos meus pais, dos meus primos, das amigas, do cheiro do mar. De tudo o que vivi na minha infância e que me fez feliz.

Quase que me caía uma lágrimazita.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Férias no fim

Pois é. Hoje é o último dias de férias. Próxima semana começa tudo de novo. Mas para vos dizer a verdade, já estou farta de estar em casa. Estes dias foram dias de limpeza, aquelas que se dizem "limpezas da Páscoa". Em minha casa chamam-se "limpezas de verão".
Eu sei que podia ir para a praia e tal. Mas não sou muito adepta de praia. Farto-me rápido. E para andar 30 minutos para lá e mais 30 minutos para cá, não vale a pena. Prefiro ficar em casa. A gasolina também está cara.

domingo, 11 de agosto de 2013

Já não é o que era...

Então não é que ontem fui a um casamento que estava marcado na igreja às 12h30 e só começamos a encher a pança às 6h da tarde? Ok, as entradas foram às 4h30. Se queriam fazer um casamento com jantar, tinham marcado para mais tarde na igreja. E eram 7h30 ainda só tinha a sopa e o bacalhau no lombo. E às 11h só tinha entrado a carne.  Ainda faltava a sobremesa, os cafés e digestivos, mesa de doces, de frutas, de queijos, chás (nunca ouvi esta), e ceia. E também o bolo da noiva. Desconfio que se passasse na quinta na hora do almoço de hoje ainda havia festa e comida.

Ok, Aladino tens razão. Vamos optar por fazer almoço no nosso casamento. Já me convenceste.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Vacances


Oficialmente de férias.... Não sei onde é isto, mas não me importava de ir lá.
 
 
E para começar bem as férias, amanhã tenho um casamento.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Irritada


Não sei se alguma vez disse, mas uma das coisas que mais detesto é ver as pessoas sempre a queixar-se, fazerem-se de coitadinhas, fazerem-se de vitimas. Não tenho paciência para essas coisas. A vida não é fácil para ninguém. Temos de viver a vida como ela é.

90% das pessoas que me rodeiam não sabem o que me aconteceu à uns meses, nem sabem e vão ficar assim, sem saberem. Mas não é por isso que estou sempre a chorar e a lamentar-me. Aconteceu? Há que enfrentar a vida e ver o que ela nos reserva.

domingo, 14 de julho de 2013

assim vamos andando

Umas vezes melhor, outras pior... Continua tudo na mesma. Eu, tu, nós.... Espero que os melhores ainda venham... e que venham rápidinho.  Tão rápido como o calor que estava e que depressa se foi embora.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

E vamos andando...

... um passo para a frente e dois para trás.

Deste-me uma boa notícia, mas depois como de costume, recuaste. Dizes que não sabes quando....
Eu sei o que te prende, eu sei quem te prende mas isso não é desculpa para parares a tua vida. Nada nesta vida é eterno. Não pares a tua vida.

Já é a segunda vez que dizes que sim e depois...........

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Surpresaaaa...

Pois é, ligaste-me para vir à rua. Chegas-te ao pé de mim e deste-me esta rosa. Depois pediste para fechar os olhos e dar-te a mão. Num pedaço de papel muito bem dobrado escreveste-me um poema que só li quando foste embora. Obrigado lindo.


segunda-feira, 3 de junho de 2013

Estou cansada


Estou cansada de tentar fazer tudo para que volte tudo ao normal,
Estou cansada de te pedir para voltares ao teu eu, mas és teimoso, só queres fazer o que tu queres e te apetece.
Esqueceste de mim, esqueces-te de nós,
Estou mesmo prestes a explodir,
E nenhum de nós vai ficar bem
Acredita
Pára de me fazeres sofrer.

sábado, 1 de junho de 2013

desejos


Hoje era capaz de comer um gelado assim. Aí que me babo toda. Não resisto a gelados, seja de verão ou de inverno, esteja frio ou calor.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Yes ou No

 

Não sei o que é pior, continuarmos a namorar e parecermos dois desconhecidos, sem nada para dizer, sem saber onde ir, sem saber o que fazer, sempre a discutir ou cada um seguir caminhos diferentes.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

a dor....


A dor,
Tenho de sobreviver,
Esperar que ela vá embora sozinha,
Esperar que a ferida que a causou sare.
Não há soluções, nem respostas fáceis,
Respiro fundo e espero que vá diminuindo.
A dor pode ser tratada, mas às vezes,
Ela vem,
Quando menos espero,
Deixa me presa, não me deixa levantar.
Mas tenho de lutar,
Não vou deixar que a vida me prenda a ela.
 
 

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Just Give Me A Reason

Right from the start
You were a thief, you stole my heart
And I, your willing victim
I let you see the parts of me
That weren't all that pretty
And with every touch
You fixed them

Now you've been talking in your sleep oh oh
Things you never say to me oh oh
Tell me that you've had enough
Of our love
Our love

Just give me a reason
Just a little bit's enough
Just a second we're not broken just bent
And we can learn to love again
It's in the stars
It's been written in the scars on our hearts
We're not broken just bent
And we can learn to love again

I'm sorry I don't understand
Where all of this is coming from
I thought that we were fine (oh we had everything)
Your head is running wild again
My dear we still have everythin'
And it's all in your mind (Yeah, but this is happenin')

You've been havin' real bad dreams oh oh
You used to lie so close to me oh oh
There's nothing more than empty sheets
Between our love, our love
Oh, our love, our love...

Just give me a reason
Just a little bit's enough
Just a second we're not broken just bent
And we can learn to love again
I never stopped
You're still written in the scars on my heart
You're not broken just bent
And we can learn to love again

Oh tear ducts and rust
I'll fix it for us
We're collecting dust
But our love's enough
You're holding it in
You're pouring a drink
No nothing is as bad as it seems
We'll come clean

Just give me a reason
Just a little bit's enough
Just a second we're not broken just bent
And we can learn to love again
It's in the stars
It's been written in the scars on our hearts
We're not broken just bent
And we can learn to love again

Just give me a reason
Just a little bit's enough
Just a second we're not broken just bent
And we can learn to love again
It's in the stars
It's been written in the scars on our hearts
We're not broken just bent
And we can learn to love again

Oh, we can learn to love again
Oh, we can learn to love again
Oh, that we're not broken just bent
And we can learn to love again

domingo, 19 de maio de 2013

Talvez não saibas




Talvez não saibas,
Talvez não tenhas reparado,
Talvez não queiras ver...
...mas ando todos os dias com a foto que me deste à uns meses, de 
quando te conheci, de como te conheci.
E sabes porquê?
Pedes-me perdão, pedes desculpa, dizes que vais voltar ao normal e que me vais fazer muito feliz.
Continuo à espera lindo que isso aconteça.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Por muito mais


... que sonhe, que pense, que deseje, à coisas que nunca serão como nós queremos nem como nós sonhamos.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Tatuagens


Cada vez mais penso em fazer uma. Não igual, mas no pé. Mas algo simples.
 

FUGIR

 
Era pegar na mala e partir. Sem destino, sem horas, sem marcações, sozinha.
Apenas eu, e os meus pensamentos e o meu tempo.
O que aconteceu, o que está a acontecer e o que espero que acontecerá.
 


terça-feira, 7 de maio de 2013

Lembras-te de quando me dedicas-te esta música?




estou feliz...


…. pelos meus amigos, pelas minhas amigas, pelos meus conhecidos, pelas pessoas que não conheço, por todas as pessoas que estão à espera de bebé….

Mas isto está a roer-me. Também quero. Sinto o meu relógio a cada segundo, ouço-o a toda a hora. Quero ir viver contigo meu amor, quero dar um novo passo na nossa vida, e depois sim, vamos ter um bebé.

Queres cometer esta loucura comigo?

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Porquê....


....que me pedes para não desistir, quando tu nada fazes para que isso não aconteça? Tu não tens força? E eu? Achas que tenho? Lutar para esquecer, lutar para ser feliz, lutar para te ver feliz, lutar para sermos felizes? Achas que sozinha vou conseguir? Eu não, já te disse muitas vezes que não aguento, mas tu….. tu continuas na tua. Parece que estás longe, não fazes nada, fazes-me sentir ainda pior. Luto contra um fantasma.

Mas gostei do que me disseste ontem, tens saudades do que já fomos, saudades do que já fui, saudades minhas, saudades das nossas últimas férias juntos. Gostei de saber que sentes falta disso.

Quero que ganhes força para voltarmos aquilo que já fomos. Como te disse, só depende de Ti sermos o que já fomos.

Amo-te meu aladino.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Desabafo


Não sei como começar. Imensas coisas que não me deixam falar, estão na minha cabeça e no meu coração como um novelo de lã. Mas isto é tudo para ti, para o meu aladino.
Sei que estás farto que eu fale da mesma coisa, mas eu não consigo deixar de pensar no que nos aconteceu. Sempre me disseram que o amor é um belo sentimento, eu senti o que era o amor, no verdadeiro sentido da palavra, mas neste momento eu odeio este sentimento. Não consigo perceber como é que o meu gato, deixou acontecer tudo isto. Como? Porquê? Será que a culpa é minha? Será que a culpa foi minha? Eu tenho quase a certeza que não.
Com esta dor aprendi uma lição para a vida. Nunca, mas mesmo nunca podemos acreditar que temos tudo de mãos dadas. Sei que neste aspecto falhei, pois o amor é como um jardim, temos de o regar, tratar para o manter vivo e vistoso, e não deixar que as ervas daninhas apareçam e estraguem. É a única coisa que eu acho que falhei.
A nossa relação sempre teve presa por uma corda e com um nó cego, mas esse nó e essa corda começaram a enfraquecer. A corda está em fios soltos e o nó está a ficar um laço que eu não quero que se desmanche.

Estás arrependido ter começado a namorar cedo? Sei que fui a tua primeira namorada e sempre me disseste que seria a última, mas será mesmo? Como é que alguém conseguiu estragar uma relação de quase uma década? 
Neste momento estás comigo, sempre a meu lado, mas eu sofro imenso. Vivo com receio que tudo volte a acontecer, que não nos deixe em paz, que me mintas, que escondas,... O que vamos fazer? O que queres fazer? Eu já te disse muitas vezes o que acho que é melhor para nós, pelo menos por enquanto. Deixa o pó assentar, deixa o tempo, a saudade, o amor falarem por nós.
Contudo isto, cada vez estamos mais distantes, as nossas conversas deram lugar a discussões, os nossos sorrisos deram lugar às lágrimas,os nossos abraços deram lugar às mãos dentro dos bolsos e sei que cada vez mais a vontade de estarmos juntos é pouca, não por falta de amor mas porque sabemos que vai haver discussões, lágrimas e amuos.
Porquê que deixamos de fazer tantas coisas que fazíamos, como ir ao cinema, sair à noite, ir às compras, andar a pé, irmos até à praia. Tu agora recusas-te fazer isso porquê? Porquê que agora só queres estar em casa? Porquê que deixas-te de ser o homem romântico, carinhoso, compreensivo, sempre disposto a ouvir, sempre com uma palavra de força e coragem. Onde estás tu meu príncipe? Até os nossos amigos já repararam isso, que estás diferente, mas mesmo assim tu não dizes o que se passa. Engoles e não dizes nada.

Sabes que isto está a matar-me por dentro, sabes que a minha cabeça anda a 1000. Tu conheces-me muito bem e eu também sei que estou diferente. Deixei de ser a namorada sorridente, sempre com novidades para contar, sempre com piadas, sempre bem-disposta.

Sabes muito bem que és tu o homem da minha vida, aquele que sempre sonhei construir uma família, sonhei para meu marido e sabes também que nunca quis casar, que para mim a festa é uma desperdício de dinheiro, mas também mudei de ideias quanto a isso porque para ti é muito importante teres a tua família por perto nesse dia especial.
Sabes também que sempre fiz tudo por ti, mesmo contrariada porque sei que certas coisas são importantes e eu só te quero ver feliz. Ver o teu sorriso faz-me ainda mais feliz.

Estou cansada de tentar recuperar o que já fomos, mas vou continuar. Afinal não tenho nada a perder.
Da tua eterna princesa.



domingo, 21 de abril de 2013

O difícil mesmo....


...é saber se contínuo ou se desisto. O coração não quer desistir, mas a cabeça está cansada de sofrer e o meu corpo já está ressentido. Eu não quero continuar assim, será difícil de perceber isso?

sexta-feira, 19 de abril de 2013

domingo, 14 de abril de 2013

Há muito que não tinhamos um dia como hoje....


...mas mesmo assim sinto-me desanimada, triste, sozinha. Problemas de coração... mas não preciso de um cardiologista...

Volta atrás ó tempo....

sexta-feira, 12 de abril de 2013



Tens o meu coração nas tuas mãos, trata bem dele. Não o machuques mais.

Um pouco de mim....

Gosto:

- De estar com os amigos, de estar com a minha família, de chocolate, de gelados no inverno, de marisco, de suspiros, de massas, de pizzas, sentir o cheiro do mar depois de chover, da praia em dias frios, andar a pé, de flores, do curso que tenho, de ir ao cinema, de comédias, de romances, de pipocas, de surpresas, de surpreender, de ser surpreendida, de jogar poker, de ler, do natal, de fazer anos, de rir, de fazer rir, de estar no quentinho no inverno, da escuridão, de conduzir, de fotografia, dos meus olhos, de relógios…

Não gosto:

- Da noite (ambiente), que me façam esperar, de pessoas que se façam de vitimas e que se gabem, que me enrolem, pessoas indecisas, de confusão, de muita gente junta, da rotina, de cozinhar, de polvo, de lampreia, estar parada…

Gostava:

- De conhecer Roma, Tailândia, Miami, Paris e a Indonésia. De ser mais paciente, de não chorar facilmente, que as pessoas não me desiludissem tanto, de ter uma empresa na área em que trabalho, de assistir a um concerto do Quim Roscas e Zeca Estacionâncio, deixar de roer as unhas quando estou nervosa…

quinta-feira, 11 de abril de 2013


Olá

Este é o meu primeiro post. Vamos ver como isto corre. Ando às "aranhas"...

Em breve darei mais notícias.