domingo, 25 de janeiro de 2015

o meu trabalho & o meu sonho

Sei que já aqui falei que gosto da minha profissão, daquilo que faço, do curso que tirei, mas essa nunca foi a minha primeira opção. Aliás, nem primeira, nem segunda, nem terceira. Não foi imposta, mas também não posso dizer que era uma coisa que me chamasse atenção nem curiosidade. O que é certo é que entrei às escuras e que gostei e é nisso que trabalho desde que acabei o curso há uns anitos e gosto. 
Mas o que gostava mesmo de ser e de fazer nada tem haver uma coisa com outra. 
O que leva a escrever é: Eu nunca deixei de estar ligada ao meu verdadeiro sonho. Aquilo que eu gostava de fazer, talvez nos tempos livres e para as amigas, noto que nos últimos tempos isso tem-se intensificado mais pelas voltas que a minha vida tem levado. A minha mãe trabalha na área que gosto e já lhe disse para arriscar que se corresse bem eu assumia as rédeas do negócio mas ela não está muito convencida. Tenho uma conhecida que também me apoia e me ajuda. O que vocês fariam? Arriscavam, muito devagar, para não perder nem o trabalho que mantenho à anos nem este novo investimento.
Seria (mais) feliz da vida se conseguisse seguir o meu sonho de sempre.

1 comentário: